Dry Needling e Termografia
dry_termo

Paciente homem, 32 anos, Jogador de futebol amador, realiza tratamento de fisioterapia preventiva há 5 meses.

Queixa: No último jogo que realizou teve muita fadiga e dor em panturrilha esquerda. Seguiu jogando por mais 30 min após os sintomas.

Atualmente relata sensação de peso na perna acometida

Exame clínico

Déficit de estabilidade pélvica;

– Diminuição de mobilidade sacroilíaca;

– Dor à palpação associada a banda tensa em musculatura posterior da perna;

– Dor em flexão plantar forçada;

Tratamento

Dry Needling em ROI marcado pela pelo Termovisor Flir T-530

Escala de dor (EVA)

Antes – 8

Depois – 2

Relatos pós atendimento:

Após tratamento com Dry needling conseguiu realizar exercícios para estabilização lombopélvica, fortalecimento de membros inferiores e treinamento proprioceptivo.

Atualmente já foi liberado para retorno a prática esportiva, já não apresenta mais os sintomas nem limitações de movimento.

 

ANÁLISES:

PRÉ:

Termo_dry_1           termo_dry_

PÓS:

termo_dry_3                 termo_dry_2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *